O ITSM vs ISO/IEC 20000-1 e ITIL

Para visualização mais fácil do posicionamento do FitSM relativamente ao ISO/IEC 20000-1 e às mais recentes iterações do ITIL, veja-se a tabela seguinte:

(*) Prevê-se que o seja futuramente.

O esforço necessário para o esforço de alinhamento com cada um dos standards e referenciais da tabela acima, pode ser visto de forma simplificada, no seguinte diagrama:

A estrutura do standard FitSM

O standard FitSM tem os seguintes componentes:

Todos estes componentes estão acessíveis no site do ITEMO.

Vantagens para os profissionais de TI

O esquema de formação do FitSM é adequado para os profissionais que queiram ver reconhecidas competências necessárias para a implementação de processos eficazes de gestão de serviços de TI, sem a necessidade de aprofundar o nível de detalhe requerido por outro referencias e muitas vezes de reduzida aplicabilidade nas suas áreas de actuação.

Um profissional certificado em FitSM será capaz de demonstrar a sua compreensão de:

  • Conceitos e terminologia base da gestão de serviços de TI.
  • Propósito e estrutura dos standards FitSM, assim como a sua relação com outros standards e referenciais.
  • O referências de processos subjacente ao FitSM.
  • Os requisitos definidos no FitSM, permitindo que a sua adopção seja mais rápida e eficiente.

Um profissional certificado em FitSM será também capaz de:

  • Apoiar as organizações na realização da primeira etapa para a implementação do conjunto completo de processos de ITSM.
  • Melhorar o fornecimento de serviços de IT daas organizações.pela utilização de um standard conciso, focado no essencial e realizável.
  • Ajudar as organizações a aplicar processos eficazes de ITSM em ambientes federados, isto é, quando os serviços são geridos em cooperação com organizações diversas, sem uma gestão centralizada comum.
  • Gerir com sucesso os processos de ITSM especícos do standard.
  • Implementar as bases de processos eficazes de ITSM, nos casos em que não é necessário o nível de detalhe abordado em referenciais e standards como o ISO/IEC 20000-1.
  • Adoptar processo de TI eficazes, com o apoio de checklists e de uma ferramenta de avaliação de maturidade.

 

Vantagens para as organizações

Com o alinhamento com o FitSM as organizações estão em condições de:

  • Melhorar a entrega dos serviços, usando a base concisa, essencial e realizável conseguida com o FitSM.
  • No caso de ambientes em que os serviços são geridos por diferentes organizações que cooperam sem uma gestão centralizada comum ("ambientes federados"), conseguir a aplicação efectiva dos processos de gestão de serviços.
  • Gestão com sucesso dos processos de ITSM cobertos no FitSM.
  • Adoptar processo eficazes de TI , com o apoio de checklists e avaliações de maturidade.
  • Dar passos adicionais, a partir de uma base sólida, para a implementação de processos adicionais e/ou com um maior grau de detalhe, recorrendo a referênciais e standards, como o ISO/IEC 20000-1, ITIL ou Cobit.

Vantagens do FitSM

O standard FitSM descreve as bases essenciais para a gestão de serviços de TI (ITSM):

  • É um standard pragmático e realizável que permite uma gestão de serviços de TI eficaz.
  • A sua aproximação é acessível para um leque alargado de ambientes organizacionais, com estruturas de gestão diversas.
  • Pode ser implementado de forma eficiente por organizações de qualquer dimensão.
  • Permite criar uma base de gestão eficaz de gestão de serviços de TI que é não apenas realizável, mas que pode ser expandida quando necessário recorrente a outros standards e referenciais.

A escolha de um núcleo essencial de requisitos, objectivos e actividades, com definição clara de papéis a desempenhar, permite focar os esforços de melhoria do sistema de gestão de serviços, cumprindo metas e tendo em vista um critério de conclusão bem definido.

O standard FitSM é open source: o standard está livremente disponível no site do Itemo e inclui:

  • Uma ferramenta de avaliação de maturidade em ITSM.
  • O standard.
  • Guias para a implementação.
  • Um repositório de templates.
  • Material de formação.

O FitSM é uma alternativa ao ITIL quando uma organização procura focar-se nas disciplinas base essenciais para a gestão de serviços de TI e procura uma implementação rápida.

As melhores práticas descritas no ITIL fornecem orientações para a gestão de serviços de TI. No entanto, com raras excepções, apenas alguns dos processos descritos são realmente adoptados, dada a complexidade e o nível de detalhe da informação disponibilizada.

O FitSM pode ser uma etapa inicial para uma organização que tenha em vista o alinhamento com o standard ISO/IEC 20000-1, com ou sem o objectivo de certifcação. O FitSM inclui um guia de como usar o standard para atingir conformidade com o o standard ISO/IEC 20000-1.

O que é o FitSM?

O FitSM é um standard de facto para a gestão de serviços de tecnologias de informação [TI].

Foi criado sob os auspícios da Comissão Europeia, através do projecto FedSM. Após o final do projecto o standard passou a ser gerido pela ITEMO, uma organização sem fins lucrativos.

O FitSM dirige-se às organizações que pretendam estruturar a forma como gerem as TI, optimizando as suas actividades e dirigindo-as à efectiva entrega de serviços de TI aos clientes.

O FitSM permite criar um base essencial para a gestão dos serviços de TI, delineando um percurso com início e fim, permitindo a avaliação inicial do ponto de partida e a avaliação do progresso sempre que desejado.

A lógica do standard FitSM está reflectida nos seus seis componentes: